NOTÍCIAS > INFORMES

Rir é o melhor remédio

A psicossomática hoje, com uma visão mais ampla do ser humano, fala numa saúde global, onde se incluem as emoções, a afetividade, a qualidade de vida e o bem-estar.

O bom humor tem uma contribuição importante na saúde. Assim como a depressão afeta negativamente o sistema imunológico, estudos científicos comprovam que o riso e o bom humor aumentam a imunidade, ou seja, com bom humor afastamos as doenças. Bom humor é saúde!

Ter bom humor é estar de bem com a vida, é estar alegre e bem disposto no dia-a-dia. Mesmo nas dificuldades do cotidiano, manter o “alto astral”, sacudir e dar a volta por cima dos imprevistos.  Levar a vida de forma mais amena, mesmo diante de um trabalho mais sério,  rir mais e com maior freqüência.

O riso tem um importante papel na redução dos hormônios envolvidos na fisiologia do estresse, reduzindo a dor e, sobretudo,  reduzindo a pressão sanguínea, elevando a imunidade. As pessoas que sabem se divertir e rir são geralmente mais descontraídas, se relacionam melhor com as outras pessoas, são saudáveis e capazes de sair de situações de tensão com mais facilidade e ainda têm uma expectativa de vida maior do que os mal-humorados.

A melhor maneira de transformar o mau em bom humor é  não levar a vida tão a sério,  julgando menos os outros, sendo mais flexível e procurando modificar o padrão de pensamentos, buscando lembranças, imagens e situações agradáveis e engraçadas.

Procurar ver sempre o lado bom das coisas e das pessoas, ter mais prazer, ouvir música, dançar,  cantar,  ajuda a descontrair e ficar mais alegre.

Ou, quem sabe, buscar a ajuda de um profissional que possa auxiliar a encontrar novas formas de ver a vida.

Lucia De Rose
Psicóloga, psicoterapeuta, psicodramatista, com abordagem psicossomática, terapeuta floral.
Telefones: 2234-2533/9875-6017

voltar